domingo, 3 de agosto de 2008

Training Camp - Dias 2 a 8


Eu achei que ia conseguir fazer um resumo diário do training camp, mas a falta de tempo não permitiu. Sendo assim, vou postar um resumo das principais notícias, posição por posição, mais alguns comentários pessoais. E podem contar com análise completa de cada um dos jogos da pré-temporada!

Quarterbacks: não houve grandes notícias na principal posição do jogo. Hasselbeck continua titular absoluto e tem procurado criar maior química com os novos receivers. Houve um momento de preocupação com uma lesão durante um treino em que ele saiu mancando, mas foi só um pisão e nada demais aconteceu. Seneca Wallace tem feito bons treinos e continua a demonstrar ser um backup útil. Não espere ver Seneca como WR ou retornador tão cedo, isto por conta do terceiro QB no roster. Charlie Frye já tem uma melhor compreensão do sistema ofensivo do time, mas ainda intercala momento muito bons com momentos muito ruins. Charlie insiste em ignorar WR livres e prefere lançar a bola para jogadores cobertos, o que demonstra uma má leitura das defesas adversárias. Vou observar Frye de perto na pré-temporada, já que ele deve jogar pelo menos um quarto inteiro em cada jogo, mas até agora ele não ganhou a confiança de Holmgren. Pros adeptos da campanha "Free Seneca", ainda vai ser preciso mais paciência antes de ver nosso atlético QB reserva mostrar seu potencial em campo.

Halfbacks: progressos nessa posição e um "problema" que todo técnico adora ter. Julius Jones tem impressionado nos treinamentos pela velocidade com que acerta os buracos deixados pela linha ofensiva e pela força de vontade de continuar a correr mesmo depois do primeiro contato, algo que Shaun Alexander tinha deixado de fazer há muito tempo. Maurice Morris continua a ser o mesmo Mo Morrirs de sempre, para o bem e para o mal. Holmgren declarou que por enquanto vê o time com dois HBs titulares e que empregará bastante Jones e Morris durante a temporada para deixá-los descansados. Eu acho esse papo um pouco de truque motivacional de Holmgren, que não exitará em usar mais o HB que estiver melhor, e eu aposto minhas fichas em Jones conseguindo 70% dos carries durante a temporada. T.J. Duckett tem treinado muito bem, mas Mike ainda não tem certeza de como utilizá-lo. Duckett tem sido treinado como HB e FB, o que eu acho uma bobagem, já que, apesar de grande, ele é um halfback por natureza. A verdade é que a contratação de Duckett foi um movimento arquitetado pelo presidente Tim Ruskell, já com vistas à era Jim Mora Jr. a partir do ano que vem (T.J. jogou no Atlante Falcons quando os dois estavam lá). Enquanto isso, uma das possibilidades levantadas por Holmgren para usar Duckett é no final das partidas, quando as defesas já estiveram cansadas e ele possa aproveitar seu tamanho e força para ganhar jardas. Acho uma ótima idéia. Por fim, correndo por fora há o diminuto rookie Justin Forsett. Justin tem realmente impressionado nos treinamentos, mostrando que apesar de ser pequeno consegue aguentar e até quebrar tackles. Eu gostaria muito que Justin fosse mantido no roster final, pelo fato do jogador trazer algo de diferente dos demais RBs. Mas o time só deve manter 3 HBs no corte final, e Forsett pode passar um ano no practice squad. Uma possibilidade seria cortar Morris para dar lugar a Forsett (Morris tem exatamente as mesmas características de Julius Jones), mas Holmgren valoriza o conhecimento que Morris tem do ataque e seu lugar parece estar assegurado.

Fullbacks: Leonard Weaver é o titular absoluto e tem mostrado grandes progressos como bloqueador. Weaver pode ser uma das peças principais do ataque esse ano. Enquanto isso, rookie Owen Schmitt não tem conseguido provar que o hype criado pela torcida (incluindo esse blogueiro) ao seu redor seja real. Ele tem tido grande dificuldade para entender as jogadas e vai ter que trabalhar muito para bater David Kirtman e ficar no roster final. Como o próprio Schmitt adimitiu, seu time na faculdade tinha apenas 6 jogadas, enquanto o playbook dos Seahawks tem umas 100 vezes isso. Eu ainda acho que Schmitt fica no roster final pelo que ele pode acrescentar no special team, mas um ano no practice squad também é uma possibilidade concreta.

Wide Receivers: disputa pela terceira e quarta vaga como WR do time continua em aberto. Courtney Taylor é o favorito, mas se machucou durante a semana e só deve retornar aos treinos na segunda. Nada grave, mas preocupante é o fato de Taylor se machucar com frequência (alguém falou D.J. Hackett? oh-oh...). Ben Obomanu tem feito boas jogadas, mas nada que o destaque dos demais. Quem tem impressionado é Logan Payne, que simplesmente agarra tudo que é lançado em sua direção (os torcedores americanos já criaram um apelido legal pra ele, "Human Vacuum"). Mas Payne fica melhor jogando no slot, e apesar de eu esperar que ele contribua esse ano, seu destino parece ser substituir Bobby Engran a partir do ano vem. Jordan Kent (meu favorito) tem feito grandes progressos e pode cavar sua vaga no time, mas ainda corre por fora. Kent é um nome para se prestar atenção na pré-temporada, pela sua capacidade de fazer "big plays". Menção especial ao rookie Michael Bumpus, que tem feito um bom trabalho e pode conseguir uma vaga no pratice squad. Enquanto isso, Deion Branch tem corrido ao redor do campo e até feito treinos de agilidade, demonstrando estar a frente na sua recuperação. Holmgren fala em tê-lo no primeiro jogo da temporada regular, mas eu ainda acho isso otimista demais. E mesmo que ele esteja pronto, Branch não deve ver muitos snaps até o meio da temporada, tendo em vista a seriedade de sua lesão.

Tight-Ends: John Carlson é mesmo tudo que os Seahawks esperavam dele quando o draftaram. Palavras de Mike Holgren. Carlson já recuperou o tempo perdido com a negociação de seu contrato e tem impressionado o time com sua capacidade como recebedor. John ainda precisa melhorar sua habilidade como bloqueador para poder ver snaps em todas as situações, mas já trilha o caminho para ser titular desde o dia 1 da temporada. Pra mim Carlson vai ser o rookie a mais contribuir esse ano no time. O veterano Jeb Putzier se machucou no meio da semana, mas deve retornar na segunda.

Linha Ofensiva: problemas aqui. Center Chris Spencer, que se recupera de uma cirurgia nos ombros, lesionou as costas já no primeiro treino e não participou mais de nenhum snap. Por infelicidade, o Center/Guard reserva, veteraníssimo Chris Gray, também se machucou. Isso forçou o time a colocar os guards reservas Mansfield Wrotto e Steve Vallos como centers, o que tem resultado em muitos snaps errados. A falta de Spencer tem dificuldade o ganho em coesão da linha ofensiva, tão necessário. A expectativa é que Spencer e Gray voltem a partir de segunda. Do lado positivo, LT Walter Jones tem treinado uma vez por dia e LG Mike Whale (descobri esses dias que se pronuncia "wall" e não "wale" como imaginava) aparenta ser uma grande progresso no lado esquerdo da nossa linha ofensiva.

Defensive Tackles: bastou um dia azarado para que essa posição, que parecia inflada com talento, se tornasse uma dor de cabeça. Rookie Red Bryant, que vinha fazendo um ótimo training camp, machucou o joelho e vai ter que passar por uma artroscopia para limpar a cartilagem lesionada. A expectativa é tê-lo de volta em quatro ou cinco semanas, a tempo para o início da temporada. Mesmo assim, o tempo perdido no training camp vai ser sentido pelo novato, e é provável que ele não contribua muito até o meio da temporada. No mesmo dia, o reserva Larry Triplett, em quem eu depositava fé que ajudaria o time, também machucou o joelho e não se sabe quando poderá retornar. Marcus Tubbs continua se recuperando de uma cirurgia, também no joelho. Pelo lado positivo, o segundo-anista Brandon Mebane não se cansa de ser elogiado pelos companheiros e pela comissão técnica. Se pensarmos que o jogador nem entrou ainda no pico de sua capacidade, é fácil imaginar o quanto esse garoto ainda vai contribuir com nossa defesa.

Defensive End: Patrick Kerney não tem treinado por conta de uma lesão na perna, mas se espera que retorne nessa semana. Rookie Lawrence Jackson e terceiro-anista Darril Tapp estão brigando pela titularidade, mas independente disso ambos devem ver vários snaps na rotação da defesa durante o ano. Reserva Baratka Aktins tem feito progressos.

Linebackers: Sem grande notícias, o melhor trio de linebackers da NFL continua o mesmo. Preocupação aqui é a profundidade da posição, tão importante no special team. Veterano MLB D.D. Lewis tem mostrado serviço, mas o reserva Will Herring continua fora com uma doença ainda não identificada que causa a inflamação de suas juntas. Rookie Matt Castello fez algumas boas jogadas, mas seu tamanho reduzido pode impedir que fique no roster final.

Cornerbacks: grande profundidade nessa posição. Marcus Trufant continua a demonstrar o mesmo foco e seriedade de sempre. Já o número dois Kelly Jennings tem treinado bem e afasta qualquer possibilidade de perder a posição. Enquanto isso, Kevin Hobbs e Josh Wilson brigam dia-a-dia para mostrar quem é o melhor terceiro cornerback, com ótimas jogadas cada um. Se contarmos ainda o versátil Jordan Babineaux, não há com que se preocupar com nossos cornerbacks.

Safities: Deon Grant e Brian Russell ainda são os titulares, com Babineaux como primeiro reserva. Eu adoraria ver alguém que tirasse o lugar de Russell, que fez partidas bem medíocres o ano passado, mas isso ainda não parece provável. Brigando pela última vaga estão o veterano C.J. Wallace e o rookie não draftado Jamal Adams. Adams tem feito boas jogadas e mostrado muita auto-confiança. Gostaria que o time apostasse em Jamal.

Kicker: Olindo Mare e Brandon Coutu continuam empatados, acertando e errando na mesma proporção. Acredito que só teremos uma definição no começo da temporada, mas prepare-se para sentir saudades de Josh Brown...

Punter: Ryan Plackemeier já se recuperou da cirurgia para reparar o músculo peitoral lesionado e já voltou a treinar.

Punt/Kick Returner: Por enquanto tem treinado nos retornos o WR Ben Obomanu e o CB Josh Wilson (que retornou um para TD o ano passado). Nate Burleson vai ser tirado da função de retornador pela importância que tem para o ataque como receiver. Quem deve ganhar alguns snaps como retornador é Justin Forsett.

O que acharam das novidades?

6 comentários:

Anônimo disse...

ótimo
ancioso pela temporada

Sidonio disse...

Vamos pro pau neste ano!!

Danilo disse...

ótimo como sempre,ancioso pro começo da temporada!

Mantenha esse ótimo trabalho Henrique, sou frequentador assíduo de seu blog desde o primeiro post.

Abraço

Felipe disse...

PUTA MERD, todos nossos WR se machucaram, apesar de ter uma notavel melhora no jogo corrido.
HENRIQUE, cade vc, escreve sobre a temporada ai

Anônimo disse...

cade os posts

Mr Posh disse...

I don't speak Portuguese but it's great to see the Seahawks are alive and well in Brazil.

Go Hawks!

www.seahawker.co.uk
www.seahawker.com